O que é Dermatite Canina?Como tratar?

Dermatite canina é uma condição inflamatória da pele dos cães que pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo alergias, infecções, parasitas, irritantes ou problemas imunológicos. Os sintomas típicos incluem coceira, vermelhidão, inchaço, perda de pelos, crostas, e, em casos graves, lesões ou úlceras na pele. Esta condição pode causar grande desconforto para os cães e pode se tornar crônica se não tratada adequadamente.

Dermatite Canina

Causas Comuns de Dermatite Canina

  1. Alergias:
    • Alergias alimentares: Alguns cães podem ser alérgicos a certos ingredientes em sua dieta, como proteínas específicas, grãos ou aditivos alimentares.
    • Alergias ambientais: Alérgenos como pólen, mofo, poeira, ou produtos químicos presentes no ambiente do cão podem desencadear dermatite.
    • Dermatite alérgica à picada de pulga (DAPP): As picadas de pulgas podem causar reações alérgicas severas em alguns cães, levando a intensa coceira e inflamação.
  2. Parasitas:
    • Pulgas e carrapatos: Além de causarem irritação direta através de suas picadas, esses parasitas podem transmitir doenças e provocar reações alérgicas.
    • Ácaros: Ácaros como os causadores da sarna sarcóptica ou demodécica podem infestar a pele do cão, causando coceira intensa e lesões cutâneas.
  3. Infecções:
    • Bacterianas: Infecções bacterianas secundárias podem ocorrer quando a pele já está danificada por coceira ou lesões.
    • Fúngicas: Infecções fúngicas como a dermatofitose (micose) podem causar áreas escamosas e coceira.
  4. Irritantes:
    • Produtos químicos: Detergentes, produtos de limpeza, ou outros produtos químicos que entram em contato com a pele do cão podem causar irritação.
    • Plantas: Algumas plantas podem ser irritantes ou tóxicas para os cães, causando dermatite de contato.
  5. Problemas hormonais:
    • Hipotiroidismo: Este é um distúrbio hormonal comum em cães que pode predispor a problemas de pele, incluindo dermatite.
    • Doença de Cushing: Outra condição hormonal que pode afetar a saúde da pele e do pelo.

Tratamento e Cuidados

Dermatite Canina
  1. Consulta Veterinária: O primeiro passo no tratamento da dermatite canina é uma consulta com um veterinário. O veterinário realizará um exame físico detalhado e pode realizar testes adicionais, como raspagens de pele, culturas, ou testes de alergia, para identificar a causa subjacente da dermatite.
  2. Controle de Pulgas e Parasitas: É essencial controlar pulgas, carrapatos e outros parasitas que podem causar ou agravar a dermatite. Existem muitos produtos disponíveis, incluindo colares antipulgas, tratamentos tópicos e comprimidos orais, que podem ser recomendados pelo veterinário.
  3. Dietas Hipoalergênicas: Se a dermatite for causada por alergias alimentares, mudar para uma dieta hipoalergênica pode ser eficaz. Estas dietas geralmente contêm proteínas e carboidratos novos que o cão não foi exposto anteriormente, reduzindo a chance de uma reação alérgica.
  4. Banhos Terapêuticos: Banhos regulares com xampus medicinais podem ajudar a aliviar a coceira e a inflamação. O veterinário pode recomendar um xampu específico baseado na condição da pele do cão. Ingredientes comuns em xampus terapêuticos incluem aveia coloidal, clorexidina, ou peróxido de benzoíla.
  5. Medicamentos: Dependendo da causa da dermatite, o veterinário pode prescrever medicamentos. Isso pode incluir:
    • Antibióticos: Para tratar infecções bacterianas.
    • Antifúngicos: Para infecções fúngicas.
    • Anti-histamínicos: Para reduzir a coceira associada a alergias.
    • Corticosteroides: Para reduzir a inflamação severa.
    • Imunossupressores: Em casos de dermatite imunomediada.
  6. Evitar Irritantes: Identificar e evitar substâncias que possam estar irritando a pele do seu cão é crucial. Isso pode incluir trocar produtos de limpeza, evitar áreas com plantas irritantes, ou mudar para produtos de higiene pessoal menos agressivos.
  7. Suplementos Nutricionais: Ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 são conhecidos por seus benefícios para a pele e pelo dos cães. Suplementos de óleo de peixe ou suplementos específicos para a pele podem ser recomendados pelo veterinário.
  8. Hidratação: Manter a pele do cão hidratada é importante. Cremes ou sprays hidratantes específicos para cães podem ser usados para prevenir a secura e a descamação.

Prevenção

  • Manter uma boa higiene: Banhos regulares com produtos adequados para cães e escovação frequente são importantes para manter a saúde da pele e do pelo. No entanto, é importante não exagerar nos banhos, pois isso pode remover os óleos naturais da pele e causar ressecamento.
  • Controle de pulgas e parasitas: Manter um regime regular de controle de pulgas e carrapatos ajuda a prevenir dermatites causadas por esses parasitas.
  • Dieta balanceada: Alimentar seu cão com uma dieta equilibrada e de alta qualidade garante que ele receba todos os nutrientes necessários para uma pele e pelo saudáveis.
  • Visitas regulares ao veterinário: Exames de rotina podem ajudar a identificar e tratar problemas de pele precocemente, antes que se tornem severos.

Considerações Finais

A dermatite canina pode ser uma condição desafiadora tanto para o cão quanto para o dono. No entanto, com um diagnóstico adequado e um plano de tratamento bem estruturado, é possível controlar a condição e melhorar significativamente a qualidade de vida do cão. Sempre consulte um veterinário ao notar sintomas de dermatite em seu cão para garantir que ele receba o tratamento mais adequado.

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU